A portabilidade de dados entre os serviços online é uma das exigências do Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) e uma das tendências para salvaguardar a informação dos utilizadores, e hoje o Facebook deu um passo importante para aumentar o controle e a liberdade de escolha dos seus utilizadores com uma nova ferramenta que permite transferir fotografias da rede social para outros serviços.

Num post no blog do Facebook, assinado pelo responsável de privacidade de políticas públicas,  Steve Satterfield, a empresa explica que depois de um white paper publicado em setembro onde se abordavam os temas da portabilidade de dados foram iniciadas conversas com várias entidades, do Reino Unido à Alemanha e do Brasil a Singapura.

11 perguntas (e as respostas) sobre as novas regras de portabilidade de conteúdos digitais na Europa
11 perguntas (e as respostas) sobre as novas regras de portabilidade de conteúdos digitais na Europa
Ver artigo

A ideia era perceber como o Facebook podia proteger a privacidade dos utilizadores e permitir a transferência de dados, e o feedback foi agora incorporado numa nova ferramenta e será também aplicado em futuros produtos e serviços da rede social, justifica.

A ferramenta é baseada no projeto Data Transfer Project, que a Facebook integra, e está a ser disponibilizada gradualmente aos utilizadores da rede social, não estando ainda disponível para todos os utilizadores.

A Irlanda é o primeiro país onde é disponibilizada a nova funcionalidade, seguindo-se o alargamento gradual, com o objetivo de ter todos os utilizadores do Facebook cobertos até ao final do primeiro semestre de 2020. Todas as transferências de dados vão ser cifradas e os utilizadores têm de se autenticar antes de iniciar o processo.

Para já só é possível transferir as fotografias e vídeos para o serviço Google Photos, mas serão progressivamente adicionados outros serviços de alojamento e imagens online.

Para aceder à transferência de dados os utilizadores devem definir a configuração no separador "As tuas informações do Facebook", onde também já pode fazer o download da informação da conta, uma funcionalidade disponível há vários anos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.