A Nintendo anunciou uma nova e mais portátil versão da Switch, mas as novidades não se ficam por aí. Ao mesmo tempo que apresentou esta edição Lite, a empresa japonesa adiantou também que vai melhorar a consola original. O update vai consistir num novo processador e num novo chip de armazenamento, segundo indicam os documentos oficiais entregues à autoridade norte-americana para as telecomunicações.

Na prática, este update pode traduzir-se experiências de jogo mais fluídas, menos tempos de carregamento, mais autonomia e menos aquecimento.

Esta atualização não foi devidamente comunicada por razões estratégicas, uma vez que a empresa não deverá querer levar os consumidores a deixarem de comprar uma Switch por esta não ter os componentes de última geração. Note que esta edição não é a edição Pro de que se fala na internet, mas apenas um melhoramento cirúrgico que não deverá impactar substancialmente a performance do sistema. Sobre a suposta versão Pro, a Nintendo ainda não adiantou nada oficialmente.

Por agora, ainda não é conhecido o modelo do processador que vai equipar estas novas versões da Switch, nem se este chip será o mesmo que a Nintendo integrou na nova edição Lite.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.