Foi a partir de 1995 que a internet começou a “transformar-se” em realidade em Portugal, ao surgirem os primeiros serviços para utilizadores privados. No resto do mundo as coisas iam um pouco mais avançadas, mas ainda assim muito no início. O que não impediu Bill Gates de profetizar a importância e o impacto que a grande rede teria “na forma como trabalhamos, aprendemos e nos entretemos”.

No mesmo ano era lançado em Portugal o Servidor de Apontadores Portugueses, mais conhecido como SAPO, nascido na Universidade de Aveiro a 4 de setembro. Mais tarde o apontador para páginas Web evoluiu para motor de busca e hoje, e entretanto transformou-se numa fonte de informação, entretenimento e outras ferramentas digitais. Inegavelmente, é uma das principais referências internet do país.

4 de setembro, mas de 1998, foi igualmente um dia importante para a história da internet em todo mundo, ou não se assinalasse a data de incorporação da Google, momento que pode ser considerado como o início de uma empresa. Nascia como motor de busca, depois de já ter existido um Altavista, entretanto adquirido pela Yahoo - que o “matou”, ficando com a tecnologia. Mas enquanto a rival teve de começar a lutar para sobreviver, a Google continuou a ganhar força.

Hoje é Alphabet e tem uma série de empresas sobre a sua alçada. No seu vigésimo aniversário, com o motor de busca, o YouTube e o Gmail em destaque, o "cosmos" Google é imenso, em número de utilizadores, mas principalmente por todo o volume de informação gerado por esses mesmos utilizadores. Não será à toa que se diz que a Google sabe mais sobre cada um de nós do que nós próprios...