Segundo o edital do concurso, o “REPIKÁ (repicado que marca o ritmo do Batuque)” é dirigido a todos os designers, artesãos, arquitectos, e demais criativos no arquipélago e na diáspora que queiram submeter projectos que posteriormente deverão ser submetidos à selecção para integrar o Salão Created in Cabo Verde.

A 4ª edição da URDI é projectada sobre o tema MÚSICA – Poéticas Visuais. Por isso este concurso, diz ainda o edital, é um convite aos artesãos, criativos e demais artistas a reflectirem sobre “o magnetismo deste universo da música de Cabo Verde”, extraindo dele “o conteúdo criativo” para a concepção de um projecto de design fundado “nas personagens, sentimentos ou intenções suscitadas.”

“A pertinência desta temática assenta-se na força da expressão musical que traduz o modo de ser e estar das e dos cabo-verdianos, tanto nas ilhas, como na diáspora”, lê-se no edital.

Cada concorrente ou grupo de concorrentes poderá apresentar o máximo de dois projectos a concurso. Os trabalhos deverão ser originais e inéditos, ter por base conceptual o tema do edital, ter memória descritiva, privilegiar modos ecológicos de produção, tendo em atenção as actividades artesanais, as tecnologias e materiais disponíveis em Cabo Verde, e ser sustentáveis e exequíveis durante a realização da URDI 2019.

O anúncio das propostas seleccionadas acontece a 20 de Setembro 2019, já a execução será feira pelo CNAD até 11 de Novembro para serem expostos no Salão Created in Cabo Verde – 28 Novembro.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.