Maritza Rosabal, fez estas declarações ao final de uma visita de três dias a São Nicolau em que manteve encontros com os presidentes das câmaras da Ribeira Brava e do Tarrafal, para se inteirar do processo de finalização do Cadastro Social Único (CSU), considerado “um instrumento importante” para “garantir transparência” na atribuição de benefícios sociais.

Segundo a responsável pela pasta da Família, os municípios têm um período até Março do corrente ano para finalizarem o cadastramento do grupo 1, ou seja a categoria de pessoas “extremamente pobres”.

Conforme adiantou, o número de pessoas nesta categoria é ainda “mais elevado” e é preciso fazer uma actualização porque muitas delas moram em localidades isoladas.

Conforme explicou, terminado este período, começará uma nova fase de adjudicação do rendimento social de inclusão.

A ministra,  que também tutela a pasta da Educação, manteve encontros com o pessoal afecto ao seu ministério em que falou da fase em que  se encontra a implementação das medidas para a melhoria da qualidade da educação, para cumprir o Objectivos Desenvolvimento Sustentável 4 (educação de qualidade) da agenda 2030, e abordou os desafios que se colocam a nível do desenvolvimento curricular e de medidas de inclusão, entre outros.

Este encontro serviu, igualmente, como uma sessão de esclarecimento da implementação do novo estatuto do pessoal docente, quais são as condições, as  perspectivas, mas também abordar questões relacionadas com movimentos processuais e a melhoria das práticas do sistema integrado da gestão de educação.

Quanto às obras de reabilitação e ampliação da escola secundária Baltasar Lopes da Silva, a governante disse que as mesmas já se encontram numa fase de selecção da empresa para execução dos trabalhos, manifestando o desejo de que as obras se iniciem o “mais rapidamente possível” , ao mesmo tempo que garantiu que elas “não vão prejudicar o andamento dos trabalhos”.

Na sua declaração, a responsável adiantou ainda que a escola secundária Baltasar Lopes vai se tornar num complexo educativo para receber alunos do 1º ao 12º ano de escolaridade.

Relativamente às obras de reabilitação das casas de banho e cozinha, executadas pela Cooperação Luxemburguesa em parceria com o Governo, e que estão em curso, garantiu que se encontram “na fase final”.

A ministra Maritza Rosabal termina hoje a sua visita de trabalho à ilha de São Nicolau, depois de passar em revista todas as questões relativas à Educação, Família e Inclusão Social.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.