As obras do polidesportivo em Alto Fontainhas custaram à autarquia cerca de 2000 mil contos e as obras de requalificação urbana em Chã de Telha, que correspondem à primeira fase, custaram cerca de 11 mil contos, estando para breve a conclusão da segunda fase.

O edil, José Freitas, afirmou tratar-se de uma obra muito importante, na medida em que contribuiu para diminuir espaços “acinzentados” na cidade e melhorar a qualidade de vida dos residentes.

“Com a criação de espaços verdes, as pessoas têm melhor saúde”, realçou.

As obras de requalificação contemplaram calcetamento, introdução de passeios e espaços verdes, melhorando toda a configuração, o ambiente, a mobilidade na localidade, “aumentando a auto-estima da população”, segundo a autarquia.

Essas obras de requalificação urbana empregaram cerca de duas dezenas de famílias, na sua maioria chefes de família.

O acto de inauguração foi presidido pelo ministro da Saúde e da Segurança Social, Arlindo do Rosário, em representação do Governo, para participar nas actividades alusivas ao dia do Município.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.