Traçado pelo arquitecto da diocese de Santiago, Crisanto Vaz, este projecto enquadra-se no Eixo IV do Programa de Reabilitação Requalificação e Acessibilidade (PRRA).

A informação foi avançada pela edilidade local, na sua página do Facebook, realçando que se prevê a reposição da cobertura, picagem e novo reboco nas fachadas, revestimento do piso em tijoleira, assim como substituição das portas e janelas.

“Além de reabilitar a Igreja, é pretensão, da edilidade local, implementar no espaço um Centro Interpretativo de Alcatraz, de modo a preservar o património histórico-cultural da antiga Capitania do Norte, Património Cultural do Município de São Domingos”, garantiu.

Segundo a autarquia de São Domingos, na quinta-feira, 07, as equipas do Instituto do Património Cultural (IPC), edilidade local e Instituto Cabo-verdiano da Construção, acompanhadas do pároco local, visitaram o espaço para acompanharem o arranque das obras.

A Igreja de Nossa Senhora da Luz, um edifício histórico construído aquando do povoamento da ilha de Santiago, sofreu “alguma descaracterização” na década de 80, conforme a autarquia, por causa da criação de anexos e outros espaços adjacentes.

Alterações essas que, segundo a mesma fonte, o Instituto do Património Cultural (IPC), em parceria com a diocese de Santiago e a edilidade local pretendem regularizar.

Este projecto foi financiado pelo Governo, no quadro do Plano Nacional de Reabilitação dos Edifícios Históricos, traçado pelo Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, através do IPC.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.