Actividades religiosas, desportivas, culturais e recreativas integram o programa preparado pela paróquia de Santo António das Pombas, pela Câmara Municipal do Paul e pelo espaço Fronteira, cujo proprietário, Paulo Monteiro, tem estado à testa da implementação da parte extra-religiosa das comemorações.

Um dos pontos altos das actividades religiosas já implementadas foi a procissão marítima e bênção dos pescadores e materiais da faina pesqueira, realizada pela segunda vez na festa de Nossa Senhora da Piedade, tendo em conta que a pesca é uma das principais actividades económicas da localidade.

O delegado municipal de Janela, Bartolomeu Cruz, disse à Inforpress que o programa “está a ser muito bem implementado” e o grosso das actividades inicialmente previsto já foi realizado com destaque para a parte desportiva que previa uma prova de futsal, de balizinha para equipas das diferentes faixas etárias, além de jogos de mesa com destaque para um torneio de bisca.

No âmbito cultural, Bartolomeu Cruz destaca uma gala de vozes já realizada e a actuação do grupo Juventude em Marcha, mas até ao dia 15de Agosto serão realizados bailes com diversos conjuntos e DJ, tendo em conta que a movimentação de pessoas já é significativa.

O grande número de barracas de comes-e-bebes e de vendedores ambulantes indicam a excepcionalidade desse período em que “todos os caminhos vão dar a Janela”.

A construção da nova capela dedicada a Nossa Senhora da Piedade tem estado no centro das atenções na festa deste ano e todas as actividades culturais são realizadas para angariação de fundos, prevendo-se, igualmente, o lançamento oficial de uma campanha “nô construí nôs capela (construamos a nossa capela)” para o mesmo efeito.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.