As dez habitações fazem parte de um lote de 25 casas reabilitadas (substituição dos tectos que ameaçavam ruir) em todo o Planalto Leste, no âmbito do PRRA, programa financiando pelo Governo e implementado através das câmaras municipais.

No Porto Novo, está a ser reabilitado, através do âmbito do PRAA, um pacote de 66 habitações degradadas em todo o concelho, onde, até 2020, mais de 230 casas deverão receber intervenções, no quadro desse programa, num investimento de 50 mil contos.

Além do PRRA, Porto Novo tem sido contemplado com um outro programa habitacional, financiado pela própria autarquia, que, nos últimos três anos, reabilitou cerca de 600 casas.

Até 2020, a meta da câmara do Porto Novo, segundo o edil, Aníbal Fonseca, é reabilitar, pelo menos, 800 casas, num município onde estima-se que ainda 3.500 habitações precisam de intervenções.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.