O projecto, financiado pela Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID), vai ser implementado pela Associação Amigos da Natureza e pelo Centro Agrícola Internacional da Espanha (Cerai), organizações que, nos últimos anos, têm estado a desenvolver um outro projecto ligado à segurança alimentar em Santo Antão e Fogo.

O novo projecto, segundo uma nota a que a Inforpress teve acesso, que já foi aprestando às câmaras municipais de Santo Antão, tem "como o objectivo reforçar as capacidades de produção agropecuária e de comercialização participativa para o fortalecimento da segurança alimentar nas comunidades rurais" desta ilha.

O projecto ligado à segurança alimentar para Santo Antão e Fogo, que tem a parceria da Fundação Cabo-verdiana de Acção Social Escolar (FICASE) e do Ministério da Agricultura e Ambiente, propõe-se contribuir para a redução da insegurança alimentar de 10 mil famílias rurais em ambas a ilhas.

O projecto, co-financiado pela AECID e pela Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), beneficia, também, mais de 12 mil alunos do Ensino Básico e do Pré-escolar nas duas ilhas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.