Segundo uma fonte judicial, esses indivíduos são todos do sexo masculino, com idades compreendidas entre 17 e 30 anos.

Os 15 indivíduos, pertencentes ao grupo denominado “30 manos”, foram detidos na terça-feira, 04, na sequência de uma operação policial desencadeada pelo Comando da Polícia Nacional (PN) em Santa Catarina, que contou com o apoio da Polícia Judiciária (PJ) e Polícia Militar (PM), envolvendo no total 60 elementos das forças de segurança.

As detenções aconteceram na sequência do cumprimento do mandado de busca e apreensão emitido pelo Ministério Público (MP).

“Os indivíduos detidos estão indiciados na prática de vários crimes, nomeadamente furtos nas residências, assaltos na via pública e, inclusive, apedrejamento das viaturas das forças de segurança. Portanto, trata-se de um grupo de delinquentes que estavam a perturbar a ordem pública e tirar o sossego à população de Achada Lém”, revelou na ocasião, o Comandante da Esquadra de Santa Catarina, Denielson Baessa.

Conforme explicou à Rádio Televisão Cabo-verdiana (RTC), durante a operação foram, ainda, apreendidos vários objectos que os suspeitos utilizavam nos assaltos e uma certa quantia de estupefacientes.

WM/DR
Inforpress/Fim

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.