Promovido pela APP, o programa, que já vai na sua IV edição, pretende consciencializar, em mais esta edição, cerca de 1.500 crianças durante o mês de Fevereiro, em actividades iniciadas no início do mês.

Devendo ser implementado em todos os jardins infantis do Sal inseridos tanto no sistema público como no privado, EDUAQUA enquadra-se na política de responsabilidade social corporativa da Empresa Águas de Ponta Preta, pertencente ao GRUPO CABOCAN, em concertação com a Câmara Municipal do Sal.

A formação está a cargo da directora de teatro e pedagoga Sara Estrela, que num ambiente recreativo, conforme disse, hoje, em declarações à Inforpress, as sessões são ministradas de forma “dinâmica e interactiva”.

“Para que os alunos entendam o ciclo integral da água, os 3 estados da água, a produção/distribuição de água potável, o tratamento das águas residuais com a sua reutilização e também, como poupar a água durante a realização da higiene do corpo”, explicou.

Segundo Sara Estrela, foram escolhidas as crianças porque são verdadeiras mensageiras de transformação social e familiar, podendo apoiar para uma mudança de padrões de consumo.

“No fim da aula incentivamos os meninos a protegerem a água. Dizendo-lhes que a partir de agora são os protectores da água, por exemplo, a se acautelarem com uma torneira a pingar, entre outros exemplos. Transformá-los em cidadãos conscientes”, frisou.

Sara Estrela esclareceu que a dinâmica da formação é acompanhada de histórias que se referem ao desaparecimento de água uma vez no Sal, porque desapareceu e como se prevenir para que não desapareça novamente, através de jogos, para maior compreensão dos meninos.

“Tem sido interessante e muito participativo. Adapto as histórias para cada localidade. E mais que um programa de educação ambiental dirigida às crianças, o programa é um grande exemplo para a consciencialização da sociedade sobre a problemática do acesso e consumo sustentável da água que deve ser passado desde a pequena infância”, concluiu.

O EDUAQUA, que até à data já formou mais de 4.200 crianças em educação ambiental, foi lançado em 2015, coincidindo com o XV aniversário da constituição da empresa Águas de Ponta Preta.

Segundo fonte da APP, o programa do EDUAQUA tem como objectivos finais apoiar a formação de uma nova geração consciente sobre os desafios da água em Cabo Verde, mudando padrões de consumo através de aprendizagem de um conjunto de dicas e técnicas de optimização do uso deste recurso como também de prevenção de doenças hídricas e protecção ambiental.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.