A construção de um novo centro de saúde de raiz, na cidade de Santa Maria é uma reivindicação antiga, cujas obras aguardadas com alguma ansiedade, vão erigir-se ao lado da Esquadra Policial da cidade turística, no terreno onde situava as antigas instalações do posto sanitário.

Assim, o descerramento da placa e a colocação da primeira pedra para a sua edificação, pelas mãos do titular da pasta da Saúde e Segurança Social, marcam o início de uma nova era para população do Sal em geral, a nível da saúde.

Avaliado em cerca de 220 mil contos, a obra é financiada na sua totalidade pelo Governo com verba proveniente do Fundo do Turismo.

A serem executadas no prazo de um ano e meio, e a cargo do empreiteiro chinês Jinan Sijian Group Lda. espera-se que as mesmas fiquem concluídas em agosto de 2019.

Na ocasião, e perante residentes e estrangeiros, Arlindo do Rosário, considerou se tratar de um “magnífico” projeto e salientou que a visão do Governo é “de facto” promover o desenvolvimento de cada ilha e concelho, baseando naquilo que o turismo tem trazido para o país.

“Financiado pelo Fundo do Turismo, para além deste centro, nós vamos investir também num programa de emergência pré-hospitalar que permite toda a logística de evacuação dos doentes, quer interna quer para as outras ilhas”, anunciou, admitindo que “há muito” a fazer em termos de saúde, não só no Sal, mas a nível nacional.

Referindo-se que o serviço de saúde e o setor privado, são complementares um ao outro, o titular da pasta da saúde disse que o Governo está aberto, e numa ótica “win-win”, ou seja, onde todos saem a ganhar.

“Daqui a um ano e meio estaremos cá todos para inaugurar esta obra importante e fundamental na estratégia do desenvolvimento da saúde de Cabo Verde e da ilha do Sal, em particular”, enfatizou.

Presenta ao ato em representação do município, Carlos Santos, presidente da Assembleia Municipal, manifestou a sua satisfação pela construção deste projeto, segundo disse, “estruturante” para a ilha, nesta fase de crescimento com “muita pujança”, a nível do turismo.

“Com a construção deste centro conseguiremos melhorar a prestação de serviços de saúde a nível de Santa Maria, mas também a nível da ilha do Sal, tendo em conta as suas valências. Estamos numa fase boa, estamos de parabéns”, concluiu.