Segundo informou a PJ, os dois homens, residentes nas localidades de Espia e Cruz João Évora, foram detidos na sexta-feira fora de flagrante delito, suspeitos da prática, em coautoria, de um crime de roubo sobre coisas, enquanto um deles é suspeito da prática, individualmente, de mais um crime de roubo sobre coisas e outro sobre pessoa.

Os homens são suspeitos de no dia 10 de fevereiro terem recorrido à violência para arrombarem a porta da garagem de um estabelecimento comercial na zona de Monte Sossego, tendo de lá subtraído vários objetos, avaliados em mais de um milhão de escudos (9 mil euros).

Na madrugada do mesmo dia, a Polícia Judiciária indicou que um dos suspeitos terá usado o mesmo modo de atuação para cometer um crime da mesma natureza num estabelecimento comercial no centro da cidade do Mindelo.

O suspeito terá roubado uma televisão, um equipamento de som, garrafas de bebidas e cerca de cinco mil escudos (45 euros), ainda segundo a PJ.

O mesmo homem é ainda suspeito de ter assaltado uma pessoa no dia 08 de fevereiro e lhe ter subtraído objetos pessoais e uma quantia em dinheiro.

A PJ informou que a maioria dos objetos roubados já foram recuperados pela Polícia Nacional.

Os detidos foram presentes no sábado ao Tribunal da Comarca de São Vicente que lhes aplicou prisão preventiva como medidas de coação.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.