Segundo o presidente desta associação, Zhou Enguang, a iniciativa da referida oferta partiu de um amigo que o contactou no sentido de oferecerem alguma coisa para a festa de Santo António.

“Vivo cá há muitos anos e considero Cabo Verde minha segundo pátria”, disse Zhou Enguang, em declarações à Inforpress, para justificar os motivos que levaram a associação que dirige a fazer tal gesto.

Prometeu, doravante, que todos os anos a sua associação colaborará com os organizadores da festa de Santo António, a fim de “estreitar cada vez mais a amizade entre os chineses e os cabo-verdianos”.

O donativo, segundo João Carvalho, um dos dinamizadores da Tabanca de Achada de Santo António, vai ser distribuído pelas zonas de Di Nôs, Kelém e Capela, todas em Achada de Santo António, onde normalmente se realizam almoços colectivos não só para os residentes, como também para os visitantes.

Ao todo, a associação chinesa doou oito sacos de arroz, dez caixas de pernas de galinha, 12 caixas de vinho, dez caixas de cerveja e duas caixas de óleo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.