Depois das escolas em Ribeira das Patas, essa unidade tem estado a distribuir sabonetes às famílias carenciadas no município e, esta quarta-feira, foi a vez das peixeiras na cidade do Porto Novo serem contempladas.

Com a distribuição, de graça, de sabonetes aos grupos mais vulneráveis, a fábrica de sabonetes torna-se, assim, mais “um parceiro” nas acções de prevenção do novo coronavírus no concelho do Porto Novo, segundo as autoridades locais.

O presidente da câmara, Aníbal Fonseca, regozijou-se com o gesto dessa unidade, propriedade da empresária Inês Silva, natural da ilha Brava, ex-emigrante nos Estados Unidos da América, que, a seu ver, constitui “uma mais-valia” na luta contra a covid-19, neste município.

O presidente da Associação dos Pescadores no Porto Novo, Atlermiro Neves, elogiou a acção da fábrica de sabonetes, que acontece numa altura em que esta associação está “preocupada” com a situação das peixeiras ambulantes, por desenvolverem uma actividade que “comporta riscos acrescidos”.

A fábrica, instalada em 2018, em Ribeira das Patas, no interior do município do Porto Novo, além de sabonetes, já produz, também, shampoo natural, produtos que já vêm sendo exportados para o mercado nacional e para os Estados Unidos da América.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.