Este fim-de-semana, 17 alunos das escolas da cidade do Porto Novo, que já tinham passado pela fase de rastreio e consultas médicas, receberam as suas lentes.

O projecto “Mais Saúde Ocular” tem a parceira da delegação do Ministério da Educação do Porto Novo, dos serviços de oftalmologia do Hospital Baptista de Sousa, no Mindelo, e da Óptica Djibla (São Vicente).

O hospital Baptista de Sousa, através de uma equipa dos serviços de oftalmologia, tem estado a realizar rastreio e consultas de oftalmologia nas escolas do Porto Novo, no âmbito de uma parceria existente com a edilidade portonovense.

Várias instituições nacionais e estrangeiras têm estado, também, a colaborar com o município do Porto Novo na promoção da saúde nas escolas locais, destacando-se, entre elas, a Associação portuguesa Mundo a Sorrir, que tem vindo a actuar na promoção da saúde oral, com tratamento para as crianças mais vulneráveis.

Esta autarquia tem contado ainda com a parceria dos Médicos Dentistas Solidários de Portugal, associação que tem estado a contribuir para a melhoria das condições de saúde nas escolas do Porto Novo, com a realização de duas missões anuais a este município santantonense, para rastreio e tratamento dentário.

Dados avançados pela câmara do Porto Novo estimam que perto de seis mil crianças em todo o município foram atendidas, nos últimos anos, pelas diversas organizações não-governamentais ligadas à saúde oral.

Igualmente, Terapeutas Sem Fronteiras, uma outra organização não-governamental portuguesa, está a cooperar com o município do Porto Novo, actuando nas áreas da saúde e educação, acções viradas, especialmente, para as crianças com necessidades educativas especiais.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.