O presidente da câmara, Aníbal Fonseca, informou que, além da recuperação das casas que ameaçavam ruir, foram construídos ainda casas de banho para muitas famílias carenciadas nessa povoação, com quase três mil habitantes.

A reabilitação de casas degradadas no município tem sido uma das intervenções da câmara do Porto Novo, que, nesses anos, diz ter já recuperado 780 das duas mil habitações, que precisam ser recuperadas em todo o concelho.
O perfile habitacional no município do Porto Novo, segundo Aníbal Fonseca, aponta para a necessidade de intervenção em mais de duas mil habitações degradadas.

Com recursos próprios e disponibilizados pelo Governo, a edilidade porto-mosense diz ter já reabilitado 780 casas e tem em execução mais dois pacotes de 66 moradias, que estarão recuperadas ainda no decorrer deste ano.

"Estamos, assim, próximos de alcançar as 800 casas reabilitadas que programamos inicialmente", notou o presidente da câmara, que admite que há ainda "muitas habitações" por melhorar no concelho do Porto Novo.

JM/JMV

Inforpress/Fim

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.