A chefe do Departamento Pecuário na Direção Provincial de Agricultura e Segurança Alimentar de Nampula, Deoldeu de Azevedo, afirmou que sete mil cães serão vacinados contra a raiva na província de Nampula, como forma de reduzir o risco de contaminação da doença em humanos mordidos por cães.

Sete bairros da cidade de Nampula serão abrangidos pela campanha de vacinação, acrescentou.

A chefe do Departamento de Pecuário na Direção Provincial de Agricultura apelou aos encarregados de educação para sensibilizarem os seus filhos para pararem de atacar cães, apontando esta conduta como uma das causas da investida dos caninos contra menores.

O diário Notícias adianta hoje que a Direção da Agricultura e Segurança Alimentar da Cidade de Maputo projeta vacinar 13 mil cães e gatos vadios em todos os distritos municipais, para conter a propagação da raiva na capital do país.

Anualmente, morrem em Moçambique dezenas de pessoas devido à raiva transmitida por cães vadios.