"Moussa Traoré morreu ontem às 12:05 na sua casa em Bamako. Estamos realmente de luto", disse o seu sobrinho Mohamed Traoré, citado pela agência de notícias France Presse (AFP). Mohamed Traoré não especificou a causa da morte do antigo general.

Moussa Traoré, na altura tenente, foi o principal promotor do golpe de Estado de 19 de novembro de 1968, que derrubou o Presidente Modibo Keïta, que liderava o Mali desde a independência em 1960.

Tornou-se Presidente da República um ano mais tarde e exerceu um poder com mais de 22 anos. Morreu dez dias antes do seu 84.º aniversário e sete dias antes do aniversário da proclamação da independência do Mali.

A morte de Moussa Traoré, que nos últimos anos se tinha tornado numa espécie de "senador", ocorre numa altura em que o Mali, após anos de crises de segurança, económica e política, acabou de sofrer o seu quarto golpe de Estado desde a independência e está a lutar para encontrar uma saída para a liderança do país, após a deposição do Presidente Ibrahim Boubacar Keïta, a 18 de agosto.

por: Agência Lusa

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.