A formação que resulta de uma parceria tripartida, entre o Centro de Emprego e Formação Profissional do Fogo (CEFP) na qualidade de entidade formadora, cadeia regional de São Filipe como promotora e beneficiária do projecto, e a Câmara Municipal de São Filipe entidade financiadora, inicia na próxima segunda-feira, 17 de Fevereiro e tem a duração de cerca de 520 horas.

Durante a formação serão realizados trabalhados com conteúdos relacionados com as técnicas e práticas de pintura (teórico-prática), num total de 335 horas, desenvolvimento de competências profissionais transversais, 90 horas, e formação em contexto real de trabalho num total de 90 horas.

Actualmente a população prisional, de entre condenados e em prisão preventiva, ultrapassa os 80 reclusos.

A direcção da Cadeia Civil de São Filipe vai aproveitar a ocasião para também proceder à abertura de uma acção de formação de reclusos na área de agricultura que irá beneficiar 25 internos.

O director do CEFP, António Cardoso, disse à Inforpress que o centro está com “boa dinâmica” em termos de actividades formativas e além desta acção para os reclusos, tem, neste momento, em curso uma acção na área de Gerar Ideia de Negócios (GIN) a decorrer no centro e na segunda-feira vai abrir uma acção similar em Ponta Verde com duração de 15 horas.

Os beneficiários desta acção, quer do centro de São Filipe como de Ponta Verde vão beneficiar de uma outra na área de Planear Ideia de Negócio (PIN), devendo no final implementar um plano de negócio que passará para avaliação e se for seleccionado beneficiaria de kits no valor de até 200 contos.

No dia 17, o centro inicia ainda uma formação de educação financeira para beneficiários do Programa de Oportunidades Socioeconómicas no Meio Rural (POSER) em parceria com Jovem Emprego, ICIEG e Centro de Emprego e Formação Profissional do Fogo.

Para o dia 02 de Março, o CEFP tem agendado abertura de pelo menos três acções de formação na cidade de Cova Figueira (Santa Catarina), nomeadamente na área de serviços administrativos e atendimento aos clientes e utentes, formação pedagógica inicial de formadores destinado a 20 profissionais de todas as áreas que laboram no município de Santa Catarina.

Esses profissionais, após o término da formação vão participar como formadores num conjunto de acções a serem desenvolvidas naquele município no âmbito do Plano de Acção Municipal.

Ainda para Santa Catarina o centro vai abrir na próxima segunda-feira uma acção de formação sobre “Gerar Ideias de Negócios” na cidade de Cova Figueira e uma semana depois em Chã das Caldeiras para os beneficiários desta localidade.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.