Neto de Maria dos Reis Fernandes, uma das mulheres de Armand Montrond, Viriato Fernandes nasceu na localidade de Relva (Mosteiros), mas desde os 14 anos, passou a residir em Chã das Caldeiras.

Na altura que o povoado não possuía posto escolar, Viriato Fernandes abriu o primeiro “posto de explicação” para as crianças que não tinham meios económicos que lhes permitissem estudar em Cova Figueira e Mosteiros, preparando-as para os exames.

Agricultor ao longo de várias décadas, Viriato Fernandes era uma espécie de “enciclopédia” e um conhecedor da historia de Chã das Caldeiras e dos sacrificios dos seus habitantes na altura em que não dispunha de uma via de acesso.

Ele foi uma das poucas pessoas que assistiu as três erupções vulcânicas do Pico do Fogo, a 12 de Junho de 1951, 02 de Abril de 1995 e 23 de Novembro de 2014, e viveu toda o drama associado a este fenômeno de natureza, mas mesmo assim continuou a residir ao sopé do vulcâo.

A noticia deixou a comunidade de Chã das Caldeiras, que nutria grande respeito e simpatia para com Viriato Fernandes, enlutada.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.