A arquiteta Patrícia Anahory e o artista visual César Schofield Cardoso vão participar na 17ª exposição de arquitetura da “La Biennale di Venezia” que acontece sob o tema “Como Iremos Viver Juntos?”. Esta é a primeira vez que o evento, que conta com a curadoria do arquiteto decano libanês Hashim Sarkis, conta com a participação de Cabo Verde.

Segundo comunicado de imprensa, o projeto que Patrícia “Patti” Anahory e César Schofield Cardoso irá abordar a primordial a questão da água, o acesso e a distribuição deste líquido precioso, na complexa relação entre o turismo e as comunidades locais em Cabo Verde.

Nesta edição da “La Biennale di Venezia” que pela primeira vez conta com a participação de dois cabo-verdianos, pretende-se um debate global e crítico com arquitetos, urbanistas e artistas sobre o futuro da coabitação humana, enquadrado em cinco temas: Planeta; Fronteiras; Comunidades, Habitação e Indivíduos, adianta o mesmo documento.

De acordo com a mesma fonte, o convite para a participação destes dois cabo-verdianos na 17ª Exposição Internacional da Arquitetura surgiu na sequência do trabalho ambos têm estado a desenvolver e a expor a nível internacional, tanto no projeto ‘Storia na Lugar’, como pelas suas práticas artísticas individuais.

A “La Biennale di Venezia” é a mais antiga e prestigiada bienal do mundo e foi inaugurada em 1895 em Veneza, Itália, e conta com participação de profissionais de diferentes nacionalidades.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.