Em comunicado, a PJ refere que um dos homens foi detido hoje, por elementos do Departamento de Investigação Criminal do Mindelo, em cumprimento de um mandado do Ministério Público.

O primeiro suspeito tinha sido detido já na sexta-feira, fora de flagrante delito, tendo o crime acontecido na terça-feira, na localidade de Ribeira Bote.

A vítima do roubo foi um taxista, “agredido com uma arma branca (catana), causando-lhe ferimentos no rosto, no táxi em que trabalhava”, acrescenta a PJ.

Os dois são suspeitos, em coautoria, do assalto ao taxista, um dos quais depois de se ter feito passar por cliente, levando uma quantia em dinheiro e documentos pessoais do motorista.

O primeiro detido ficou a aguardar julgamento em liberdade, com termo de identidade e residência, enquanto o segundo só será presente hoje ao Tribunal da Comarca de São Vicente, para primeiro interrogatório judicial.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.