Em declarações à Inforpress, a presidente do Conselho Local, Sónia Coelho, avançou que vão fazer esta distribuição o mais breve possível, tendo em conta que já foram depositados 108 mil escudos na conta de um minimercado na ilha, onde vão fazer o levantamento dos géneros e comunicar os voluntários para efeito de entrega.

Conforme a mesma fonte, o grupo de emigrantes residentes na Holanda organizaram-se e lançaram a campanha de solidariedade “Mi é Cabo Verde”, cujo valor angariado foi entregue à Cruz Vermelha de Cabo Verde, cabendo a ao Conselho Local 120.000$00.

Deste montante, explicou que 108.000$00 foram depositados directamente na conta de uma casa comercial e os outros 12.000$00 são para custear as despesas com a entrega.

Sónia Coelho explicou que ainda não se sabe quantas famílias vão ser beneficiadas, pois sem o levantamento das compras não fazem ideia de quantas cestas conseguem fazer.

Mas, realçou que no projecto anterior foram identificadas 150 famílias e somente conseguiram contemplar 60.

E desta vez, continuou, o desejo é contemplar as outras 90.

O conteúdo Covid-19/Brava: Cruz Vermelha organiza-se para distribuir cestas básicas financiadas pela campanha “Mi é Cabo Verde” aparece primeiro em Inforpress.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.