Segundo o director nacional de Saúde, Artur Correia, esse procedimento era necessário para identificar eventuais outros casos positivos como acontece com todos os casos confirmados.

“Os funcionários todos foram testados e já têm resultado  negativo e o estabelecimento foi desinfectado e já está em condições de reabrir”, disse o responsável na mais recente conferência de imprensa para balanço da situação da pandemia em Cabo Verde.

A gerência do minimercado em causa adianta, numa nota de esclarecimento, que o estabelecimento comercial foi profundamente higienizado e desinfectado, de acordo com os protocolos do Sistema Nacional de Saúde, e reabriu hoje, dia 11, às 07:30 da manhã.

A mesma fonte lembra ainda que desde o início da pandemia o minimercado se propôs a cumprir todos procedimentos de protecção e higienização, designadamente fornecimento de equipamentos de protecção individual aos funcionários (máscara facial, luvas, álcool gel), disponibilização de recipientes de lavagem das mãos à entrada do mini-mercado e limpeza no horário do almoço e após encerramento de todas as instalações da empresa. Foi nesse sentido que a gerência do espaço em causa, decidiu unilateralmente encerrar por dois dias, 7 e 8 de maio, para "permitir a limpeza e para reorganizar-se internamente".

E com objectivo de proteger os clientes e todos os funcionários, a gerência garante o reforço de todo sistema de protecção individual e salienta igualmente, que "o funcionário visado, em virtude das suas funções, raramente adentrava no espaço destinado à venda e circulação de clientes".

O bairro de Achada São Filipe foi referenciado na semana passada pelo director nacional de Saúde, Artur Correia, como sendo uma das zonas com maior número de infectados na cidade da Praia, além de Achada Santo António e Vila Nova/Moinho.

A cidade da Praia registou nas últimas 24 horas mais 14 novos casos, elevando para 197 os casos confirmados num total de 260 casos confirmados do novo coronavírus em Cabo Verde.

O número de recuperados elevou-se para 58. O país mantém os dois óbitos, sendo um turista inglês de 65 anos, na Boa Vista, e uma idosa de 92 anos, na cidade da Praia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.