Em declarações à Inforpress, o lavador de carro António Semedo, conhecido por Manhan, afirmou que já são “quase dez dias” que não trabalha e que o seu rendimento familiar está em “perigo”, pois ao não labutar no dia-a-dia não tem conseguido fazer poupança.

“Eu trabalho todos os dias na rua Miguel Bombarda, mas esses dias por falta de clientes e devido ao isolamento não tenho conseguido nada, pelo que fui a câmara municipal para saber como receber o apoio anunciado pelo Governo, mas me disseram que não tenho direito”, contou.

Questionada se a pessoa não lhe informou sobre o que fazer para poder ter direito ao apoio anunciado, realçou que não e que simplesmente lhe foi dito “não faz parte do grupo a ser ajudado”.

Na mesma posição encontra-se Belito Moreno que trabalha com a comunidade de Achada Santo António onde tem prestado serviço porta-a-porta de lavagem de carros aos seus clientes.

“Os meus habituais clientes, por estarem em casa e não poderem deslocar-se, não têm feito a lavagem do carro e se não houver trabalho eu não ganho. Felizmente sou sozinho e os vizinhos me ajudam, mas se tivesse família estarei numa posição difícil”, disse.

Disse acreditar que lavar o carro, neste momento, é “algo importantíssimo”, pois, assim os donos não teriam problemas em manejar as portas das viaturas.

“Não digo isto para ter trabalho, mas para que os ‘patrões se sintam descansados e não pensassem em como apanhar o vírus”, reforçou.

Perguntado se também tem procurado ajuda junto das autoridades para passar este momento, Belito Moreno revelou que não, pois, sublinhou, não sabe a onde ir e a quem pedir.

“Eu não sei a quem dirigir-me para pedir apoio, mas gostaria de lembrar ao Governo que nós também contamos e que fazemos parte desta Nação”, asseverou.

A pandemia do coronavírus que tem fustigado o mundo está trazendo uma nova realidade e com ela crise que tem afectado os lavadores de carros que não estão inscritos no INPS e aos quais as medidas de mitigação do Governo não chegam.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.