Face à pandemia do novo coronavírus, são várias as associações, empresas e pessoas individuais que se estão a mobilizar para apoiar as famílias mais carenciadas do país. Desta feita, a Federação das Associações Cabo-verdianas no Luxemburgo resolveu promover uma campanha solidária para ajudar Cabo Verde.

Uma iniciativa do secretário da Federação das Associações Cabo-verdianas em Luxemburgo, Gilson Varela Lopes, e que visa angariar fundos para a compra de bens alimentares e material médico para ajudar as famílias mais carenciadas do país no combate ao Covid-19.

Segundo o mentor deste projeto, a campanha está dividida em duas fases. “Numa primeira fase daremos prioridade aos bens alimentares e serão abrangidas às famílias carenciadas de várias ilhas. Na segunda fase, serão os materiais médicos, dependendo do valor angariado”.

A campanha que foi lançada no dia 22 de março já angariou cerca de 38 mil escudos (350 euros). “O montante recolhido irá para as associações no terreno tendo em conta que têm melhor conhecimento das famílias com mais carência e para a Cruz Vermelha”.

O valor despendido será comprovado posteriormente, avança Gilson Lopess, e  explica ainda que é possível fazer donativos através da plataforma Gofundme.

Apelando à união, generosidade e ao sentido solidário e comunitário de todos os cabo-verdianos, empresas e instituições, a federação apela a todos para dar a sua contribuição com o objetivo de “ajudar os afetados e os profissionais a trabalhar em segurança e para que juntos possamos expulsar o Covid-19 das Ilhas”.

Gilson Lopes deixa igualmente um alerta: “Todos sem exceção devem ficar em casa e cumprir as instruções das autoridades sanitárias, porque juntos somos mais forte, #XintaNacasa e #StopCovid-19”.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.