O regresso às actividades acontece após “luz verde” dada pela Direcção-geral dos Transportes Rodoviários.

As escolas que suspenderam as suas actividades há cerca de dois meses já começaram a realizar aulas teóricas, mas respeitando as regras de segurança exigidas pela Direcção-geral dos Transportes Rodoviários.

O responsável pela escola de condução VAG, Viriato Gonçalves, em declarações à Inforpress avançou que ainda a movimentação “está fraca”, mas que devido ao número de alunos que possuem, estes foram divididos em grupos, de acordo com a dimensão das salas, de forma a garantir o distanciamento, ,realçando que aos alunos são exigidos o uso de máscaras durante as aulas.

“Cabe à escola assegurar materiais de desinfecção, equipamentos de lavagem de mãos e desinfecção de viaturas”, realçou.

Viriato Gonçalves adiantou também que a situação ainda é “complicada”, uma vez que as pessoas têm ainda um receio de retomar as suas actividades normais.

A representante da escola Morais Graça, Silvani Silva, informou também que estão a seguir os procedimentos de segurança indicados, para que a retoma do funcionamento decora da melhor forma.

“O impacto do cancelamento das aulas foi grande, mas estamos a fazer o possível para retomar da melhor forma”, garantiu Silvani Silva.

Tanto as aulas como a realização dos exames teóricos e práticos serão feitas mediante a implementação de todas as regras exigidas pela Direcção-geral dos Transportes Rodoviários.

Com mais sete novos casos positivos na Praia, Cabo Verde passa a registar um total de 356 casos confirmados acumulados de covid-19, distribuídos pelas ilhas de Santiago (297, sendo 289 na Praia, dois no Tarrafal, quatro e São Domingos e dois em Santa Cruz), da Boa Vista (56) e de São Vicente (três).

Destes casos testados positivos, há a registar 85 recuperados e três mortes – um cidadão inglês, na ilha da Boa Vista, e dois cabo-verdianos, na Cidade da Praia.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 325 mil mortos e infectou quase cinco milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.