No Tarrafal, conforme adiantou, Jeilso Cruz, da Proteção Civil, não tiveram grandes estragos, apenas a retirada de pedras nas estradas e apoio às pessoas cujas habitações apresentam algum risco.

“Ao longo das nossas rondas não verificamos grandes danos provocados pela queda das chuvas, apenas fizemos procedimentos de segurança com pessoas cujas moradias possuem algumas anomalias e retiramos pedras das estradas.”, informou.

Na Ribeira Brava, apesar da intensidade da chuva, também não foram verificados grandes estragos, conforme informou o responsável da Protecção Civil no concelho, João Augusto.

“Não houve chamada de nenhuma ocorrência, apenas realizamos os nossos procedimentos normais e retirada de uma árvore de pequeno porte que caiu na estrada de Cachaço”, salientou.

A população também demonstrou a sua satisfação, sendo que há muito esperavam pela chuva.

“É uma alegria pensar que este ano poderá ser um bom ano agrícola, principalmente devido ao longo período de seca que enfrentamos”, disse Arlindo Araújo, morador da cidade do Tarrafal.

O mesmo salientou que na cidade, um dos constrangimentos verificados foi a acumulação de água no calçadão da praia de Telha e que a autarquia deve verificar esta situação, antes de avançarem mais com as obras de requalificação da avenida praia de Telha.

LS/CP

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.