A decisão de criar um comité no âmbito da Igreja Católica para promover a paz na região da África Ocidental foi tomada por ocasião da 16.ª sessão Ordinária do Conselho Permanente da Conferência Episcopal Regional da África Ocidental (CERAO/RECOWA), que juntou em Cabo Verde os bispos da região.

Numa mensagem, enviada a Arlindo Furtado, o presidente da CERAO/RECOWA, arcebispo Ignatius Kaigama, explicou que o novo órgão da Igreja na África Ocidental tem por missão "a prevenção, a mediação, a resolução e a transformação dos conflitos".

Na mesma missiva, divulgada hoje pela Diocese de Santiago, de que Arlindo Furtado é bispo, Ignatius Kaigama, exprimiu a sua "profunda gratidão por Arlindo Furtado ter aceitado este serviço".

"Trata-se de um projeto há muito desejado pelos cardeais, arcebispos e bispos da África Ocidental", assinala o arcebispo.

Por seu lado, Arlindo Furtado mostrou-se satisfeito pela criação do que considerou ser "um importante organismo para a prevenção e mediação dos conflitos na região", bem como por a decisão ter sido tomada em Cabo Verde.

Arlindo Furtado mostrou-se também esperançado de que as igrejas locais e regionais possam contribuir para "maior entendimento, mais diálogo e mais democracia" na África Ocidental, uma região marcada por vários conflitos.

Os outros dois membros do CERAO/RECOWA são os cardeais John Cardinal Onaiyekan (Nigéria) e Philippe Ouedraogo (Burkina Faso).

Os três cardeais representam as três áreas linguísticas da África Ocidental (português, francês e inglês).

A primeira reunião do comité está marcada para de 10 a 14 de abril, em Abuja, Nigéria, devendo servir para fazer a programação das atividades deste organismo.

Arlindo Furtado mostrou-se esperançado de que as igrejas locais e regionais possam contribuir para "maior entendimento, mais diálogo e mais democracia" na África Ocidental, uma região marcada por vários conflitos.

Bispo da Diocese de Santiago, Arlindo Furtado é o único cardeal cabo-verdiano da Igreja Católica, tendo sido criado pelo papa Francisco em fevereiro de 2015.