Segundo a bióloga, após terem sido informados desse arrojamento, mobilizaram-se as ONG, turistas em excursão, a protecção civil e outas autoridades que se engajaram para tentar devolver ao mar os golfinhos que ainda estavam vivos.

Entretanto, conforme Ivone Delgado relatou, por volta das 15:00, parte dos golfinhos regressou à costa, mas conseguiram fazer com que alguns retomassem o mar.

“Fizemos a recolha a músculos de três golfinhos que morreram, para análises biológicas no exterior, a fim de saber quais as causas deste arranjamento”, afirmou a técnica, adiantando que na quarta-feira vão fazer o ponto da situação e ver o que fazer com os golfinhos que já estão mortos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.