Em comunicado, a AULP, realçou que a dissertação a submeter, escrita em português, tem que ter sido defendida durante o ano civil imediatamente anterior ao da candidatura e que o júri será constituído por um conjunto de professores de áreas diferentes e provenientes de instituições de ensino superior de vários países.

O prémio, atribuído anualmente por uma acção conjunta entre AULP e CPLP, segundo a mesma fonte, tem o objectivo de contemplar uma dissertação de mestrado ou doutorado que promova a aproximação das comunidades de Língua Portuguesa, explicitando relações entre comunidades de, pelo menos, dois países.

Os trabalhos são agrupados pelas áreas de “Letras e Artes”, “Ciências Exactas”, “Ciências da Saúde e da Vida”, e “Ciências Sociais e Humanas”.

O autor premiado terá a sua dissertação publicada sob responsabilidade do Instituto Camões e receberá, ainda, o valor de 8 mil euros. As propostas deverão ser apresentadas por instituições de ensino superior ou institutos de investigação científica membros da AULP, de países de língua portuguesa.

A AULP é uma Organização Não Governamental (ONG) internacional, fundada em 1986, que promove a cooperação e troca de informação entre Universidades e Institutos Superiores, com membros dos países de língua oficial portuguesa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.