As obras de recuperação do centro histórico do Tarrafal de Monte Trigo, no Porto Novo, Santo Antão, já têm financiamento assegurado pelo Governo, em mais de 11 mil contos, e vão arrancar “agora nos princípios” de 2019.

A informação foi avançada pela edilidade portonovense, que adianta que a recuperação do centro histórico do Tarrafal de Monte Trigo faz parte de um programa de desenvolvimento integrado dessa localidade, financiado pelo Governo, com vista a potenciar o turismo e outros sectores da economia local.

A requalificação da orla marítima é o outro investimento público que vai avançar, no decurso de 2019, no Tarrafal de Monte Trigo, um projecto que ultrapassa os 30 mil contos, e que tem sido muito reivindicado pelos operadores turísticos locais.

Com esses investimentos e com a conclusão da estrada de acesso a Tarrafal de Monte Trigo, até finais deste ano/princípios de 2020, os operadores turísticos acreditam que o turismo dará “um grande salto” nessa zona, considerada “um paraíso escondido” no interior de Santo Antão.

Porto Novo ganhou, em Dezembro, algumas infra-estruturas turísticas, com destaque para quatro miradouros e um centro de interpretação turística, que visam a qualificação da oferta turística no município.

Ao longo de 2019, este município vai receber outros investimentos turísticos, com destaque para a criação de um centro de turismo em Ribeira das Patas, a requalificação da rota de São João e sinalética dos percursos turísticas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.