Em comunicado, a empresa detalha que soma, no total, noventa milhões de cartões fora da China, entre os quais 25 milhões em países que integram a "Nova Rota da Seda".

Lançada em 2013 pelo Presidente chinês, Xi Jinping, a iniciativa inclui uma malha ferroviária intercontinental, novos portos, aeroportos, centrais elétricas e zonas de comércio livre, visando ressuscitar vias comercias entre a Ásia e a Europa, e que remontam ao Império romano.

O UnionPay passou a liderar na emissão de cartões no Laos, Mongólia e Birmânia, lê-se no comunicado.

No Paquistão, há 4,1 milhões de cartões daquela marca em circulação, enquanto na Rússia ascendem a 1,3 milhões, emitidos por dez bancos do país.

Em novembro passado, o Millennium bcp assumiu um acordo de parceria com o UnionPay, iniciado pelo principal acionista do banco português, o grupo chinês Fosun, e que permitiu ao banco tornar-se no primeiro emissor de cartões UnionPay na Europa.