Representantes do STIF, SINDEP, SICOTUR, SINDCAP, SISCAP e STIM estarão em Santo Antão para, juntamente com o SLTSA, debaterem “problemas de ordem laboral que afectam o normal funcionamento do SLTSA, numa perspetiva da resolução dos problemas dos trabalhadores, vertente deveres e direitos”.

A ideia é, com esses parceiros, discutir e analisar a actual “conjuntura sócio laboral que se vive no país em geral, e na ilha em particular” e perspectivar a resolução dos problemas, nomeadamente, o “combate aos contratos e salários precários, a aplicação do “PCCS” e o pagamento de retroactivos, a criação de uma Delegação da IGT na ilha”, entre outras.

O Secretário-permanente do SLTSA, Carlos Bartolomeu Lima Gomes, quer ainda que sejam discutidas questões ligadas à Justiça Laboral (Juiz de Trabalho/Tribunal de Relação), ao emprego/desemprego jovem na ilha de Santo Antão, ao trabalho doméstico, à segurança e higiene nos locais de trabalho, bem como o seguro de acidente de trabalho (SOAT) para as empresas e sectores de risco.

Carlos Bartolomeu, do SLTSA, Aníbal dos Reis Borges, do STIF, Mário Correia, do SICOTUR, Jorge Cardoso, do SINDEP e representantes da DGT e da IGT serão os oradores durante o fórum.