De acordo com a segunda notificação do Eurostat relativa a 2018, o défice público recuou na zona euro para 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB), face aos 0,9% de 2017.

Na UE, o défice recuou de 1,0% para 0,7% do PIB de 2017 para 2018.

A economia portuguesa recuperou de um défice de 3,0% do PIB, em 2017, para um de 0,4% em 2018, com uma prestação melhor do que a média.

Em 2018, 14 Estados-membros registaram excedentes orçamentais: Luxemburgo (2,7%), Alemanha, Malta (1,9% cada), Bulgária (1,8%), Holanda (1,5%), República Checa (1,1%), Grécia (1,0%), Dinamarca, Eslovénia, Suécia (0,8% cada), Lituânia (0,6%), Croácia (0,3%), Áustria (0,2%) e Irlanda (0,1%).

Dois Estados-membros, por seu lado, apresentaram défices acima do valor de 3% do PIB permitido pelas regras da UE: Roménia (-3,0%) e Chipre (-4,4%).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.