A associação dos agricultores locais regozijou-se com a chegada, esta quarta-feira, dos equipamentos em Ribeira da Cruz, prevendo-se que até ao mês de Junho o entreposto agrícola, com capacidade para inspecção, tratamento, embalagem e comercialização de produtos, já estará a funcionar com base em energia solar.

Os equipamentos foram financiados pelo Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA), num projecto que contempla 300 produtores agrícolas, que vão poder, dentro de pouco, utilizar este entreposto agrícola a um custo muito reduzido.

O delegado do MAA informou que os equipamentos já estavam, há já algum tempo, em Santo Antão e que esperava-se apenas pelo fim do estado de emergência para a implementação do projecto, muito aguardado pelos produtores agrícolas.

Essa infra-estrutura, que opera há já um ano, incide a sua actividade na inspecção, tratamento, embalagem e comercialização de vários produtos, como batatas, cenoura, cebola, abóbora e repolho para o mercado nacional.

O entreposto agrícola da Ribeira da Cruz foi instalado no âmbito de um projecto financiado pelo GEF (Global Environment Facility), MAA, câmara do Porto Novo e pelo Centro de Estudos Rurais e Agrícolas Internacional, de Espanha.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.