Segundo Izidoro Gomes, os beneficiários da pensão social que quiserem adoptar essa nova ferramenta de pagamento, implementada em parceria com a empresa Makeba, irão receber, através do telemóvel, uma notificação para efectuarem o levantamento do seu dinheiro.

Entretanto, prosseguiu, essa não é uma medida obrigatória, mas sim mais uma ferramenta que os CCV pretende implementar, resultado de um estudo realizado sobre a importância do pagamento via digital, que indicou que um número elevado de inqueridos votou a favor dessa opção.

“Isto quer dizer que os beneficiários que quiserem passarão a receber a sua pensão através de uma notificação no telemóvel. Haverá postos e agências de venda dessa empresa espalhados pelo país para a efectivação do processo e convém realçar que é uma solução a ser criada para os ‘smartfones’ e para os telefones mais tradicionais e simples”, realçou.

Assim, segundo o presidente do conselho de administração dos CCV, o beneficiário, ao receber a notificação no telemóvel não precisa se deslocar aos Correios de Cabo Verde, mas sim aos minimercados e postos de combustíveis para fazer o levantamento do dinheiro.

Os Correios de Cabo Verde é uma das instituições mais antigas do país. Existe desde 02 de Janeiro de 1849, quando o Governo Geral da Província de Cabo Verde mandou publicar no Boletim Oficial o Regulamento para o serviço dos Correios das ilhas, retificado pela Portaria nº 170-A, de 1852.

Fruto de uma nova política do Governo para o sector e com a liberalização económica dos anos 90, houve a necessidade de separar as actividades de telecomunicações das actividades dos serviços postais, para que as das telecomunicações pudessem ser privatizadas.

Foi então que, em 1995, se deu a cisão dos Correios e Telecomunicações  (CTT- EP) em duas sociedades anônimas, passando a empresa do sector postal a designar-se por Correios de Cabo Verde, SARL.

Os CCV passam a ter como objecto principal a exploração do serviço público de correios em todo o território nacional e a executar as convenções, acordos e regulamentos internacionais ligados à área dos correios.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.