Em declaração à Inforpress, o director executivo da empresa Maio Business Center, Samir Silva, assegurou que estes sete projectos já estão com financiamento garantido, pelo que agora o objectivo passa por ajudá-los na implementação dos mesmos, afim se conseguirem levar avante as suas ideias.

Samir Silva salientou ainda que referente aos outros formandos os seus projectos serão encaminhados aos programas de financiamento, nomeadamente a Pró-empresa, FEZBEM e outros, para conseguirem financiamento.

Aquele responsável lembrou ainda que no passado dia 13 foi realizado a apresentação dos projectos trabalhados durante as oito semanas, em que contaram com a presença do embaixador dos Estados Unidos de América, que considerou ser um motivo de “orgulho”, mas também de “muita responsabilidade e motivação” para ajudar os beneficiários a implementarem os seus projectos.

Segundo Samir Silva o mesmo programa vai ser replicado em São Vicente, em parceria com a empresa Capital Humano, que presta serviço de consultoria

Por seu lado, o jovem Avelino, que apresentou o seu projecto de loja de venda de produtos de artesanato, que ele mesmo confecciona e que também pretende dar formação aos mais jovens, afiançou que se sente mais motivado após ter conquistado o primeiro lugar na apresentação do PITCh, o que lhe proporciona ter a acompanhamento durante seis meses para ajustar o seu projecto.

Por outro lado, Samira Silva, que também é uma das beneficiárias deste programa e que apresentou o seu projecto de padaria, manifestou contentamento por ser uma das beneficiárias deste projecto e prometeu levar até ao fim a sua ideia, para atingir o seu objectivo, que é abastecer a localidade de Figueira e povoações mais próximas.

“Valeu a pena participar neste programa e vou continuar até ao fim e aproveito para também incentivar os meus companheiros a não desistirem dos seus objectivos”, sintetizou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.