Segundo a vereadora pela área do Ambiente e Saneamento da Câmara Municipal, Carolina Santos, esta obra está enquadrada na política de requalificação de todos os bairros e povoados da ilha traçada pela edilidade traçou para este mandato, adiantando que com a mesma intervenção aquele povoado vai contar com a construção de uma praça, e reabilitação do jardim infantil e centro juvenil.

Carolina Santos afirmou que a edilidade traçou para este povoado um conjunto de intervenções, de forma a dar vazão às necessidades daquela população, sublinhando que a intenção da autarquia de intervir nas casas que estão com problemas de infiltração e de fissuras, obras que serão suportadas com a verba já orçamente de 18 mil contos”.

A responsável pela área de Urbanismo garantiu ainda que com esta intervenção, a edilidade está a contar com o apoio do Governo, da SDTIBM, União Europeia e Instituto Marquês Valle Flores.

A autarquia do Maio pretende criar com estes projectos 50 postos de trabalho, estando o arranque obras previsto para a próxima segunda feira.

O acto contou com a presença do ministro de Agricultura e Ambiente, do presidente do Conselho de Administração da SDTIBM e do edil maiense, Miguel Rosa, e a sua equipa, bem dos populares.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.