Durante a sua apresentação nas jornadas científicas sobre o futuro da Macaronésia, que decorrem na Universidade de Cabo Verde (Uni-CV), o investigador cabo-verdiano salientou a necessidade do reforço da gestão integrada de água, nesse momento em que o país regista uma redução de precipitação.

“Cabe gerir melhor os recursos que estão à nossa disposição. As novas directrizes estão no sentido da reutilização de água para agricultura, uma vez que nós sabemos que o sector que consome mais água geralmente é a agricultura. Penso que entrando esse novo factor da reutilização da água na agricultura poderá deixar menos pressão sobre os recursos hídricos e certamente conseguiremos direcciona-los para outros fins”, disse.

António Lobo de Pina, que falava dos desafios hidrológicos nos territórios da Macaronésia em contexto de mudanças climáticas, apontou outras soluções como é caso do tratamento e aproveitamento das captações das águas dos furos e dos poços que já estão com “algum índice de salinização” para outros fins.

Para além disso, salientou que há que dirigir os estudos e investigações de forma mais precisas, com novas técnicas para ver se é possível localizar captações de água a maior profundidades e, consequentemente, uma maior produção de água subterrânea.

“Certamente as regiões do interior das nossas ilhas, particularmente ilhas agrícolas, continuarão a ter o interesse particular nas áreas subterrâneas”, disse.

António Lobo de Pina frisou que o enquadramento geográfico de Cabo Verde já é difícil, pelo que o aumento da temperatura e a redução da pluviosidade que são fenómenos mundiais, acabam por afectar as águas subterrâneas e superficiais a nível do país.

“Havendo uma diminuição da precipitação e aumento da temperatura teremos certamente uma maior evapotranspiração potencial e consequentemente vai evaporar mais água do que a agua que vai ficar no solo”, explicou.

António Lobo de Pina fez dupla com o professor da Universidade de La Laguna, Juan Santamarta Cerezal, que falou dos desafios hidrológicos nas Canárias e apontou uma serie e acções que estão ser adoptadas para evitar os efeitos das mudanças climáticas naquele arquipélago

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.