Segundo os dados sobre Estatísticas do Turismo – Movimentação de Hóspedes, referentes ao 3º trimestre 2019, o Reino Unido continua a ser o principal emissor de turistas com estadia média de 8,9 por noites.

A ilha do Sal foi a mais procurada pelos turistas, o que representa 53,0%, das dormidas nos estabelecimentos hoteleiros.

Os dados indicam que os estabelecimentos hoteleiros acolheram mais de 595 mil hóspedes e, cerca de 3,7 milhões de dormidas, movimentos que se traduzem em acréscimos de 7,5% e 3,9%, respectivamente, em relação ao mesmo período do ano anterior.

As estatísticas revelam que os hotéis continuam sendo os estabelecimentos hoteleiros mais procurados, representando 89,1%, do total das entradas, seguido das pensões com 3,7%, as residenciais e os aldeamentos turísticos com 2,7% e 2,6%, respectivamente.

Relativamente às dormidas, os hotéis representam 94,2%, os aldeamentos turísticos 2,2% e as pensões com 1,5%.

A ilha do Sal continua a ter maior acolhimento, com 48,4%, do total das entradas, seguida da ilha da Boa Vista com 29,8% e Santiago com 11,6%. Também em relação às dormidas, o Sal lidera com 53,0% seguida da Boavista com 38,2% e Santiago com 4,6%.

O principal mercado emissor de turistas continua sendo o Reino Unido com 25,1%, do total das entradas, seguindo-se Portugal, Alemanha, Países Baixos e França, responsáveis por 15,2%, 9,9%, 8,0% e 7,3%, respectivamente.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.