Através de um curto comunicado, Alstom confirmou que há “discussões em curso sobre a aquisição da Bombardier Transport, acrescentando que ainda não tomou uma decisão final.

A Alston garantiu que vai tornar público “qualquer desenvolvimento significativo” sobre o assunto.

Nas últimas semanas foram difundidas várias notícias sobre a intenção do grupo francês, depois do anúncio da Bombardier sobre a venda de 30% da Airbus ao governo do Quebeque por 591 milhões de dólares.

A divisão de negócios ferroviários Bombardier opera em 60 países e emprega 40.650 trabalhadores a nível mundial, além dos trabalhadores canadianos.

A Alstom que emprega 36.300 pessoas em 60 países manteve recentemente negociações que tiveram como finalidade a fusão com a empresa alemã Siemens, mas a operação foi suspensa pela Comissão Europeia por receios de interferência danosa ao nível da concorrência.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.