Marcado  para  os dias 11 e 12 deste mês, o fórum vai servir para a apresentação da nova Estratégia Nacional de Desenvolvimento Sustentável à comunidade internacional e ao sector privado e atrair novas parcerias técnicas e financeiras na promoção e aceleração da economia nacional e financiar o sector privado.

O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva espera um bom engajamento, tanto dos parceiros como dos investidores em relação a programas considerados estruturantes.

Segundo, Ulisses Correia e Silva já estão confirmados no primeiro Fórum Internacional de Doadores e Investimentos de Cabo Verde, a União Europeia, as Nações Unidas, Luxemburgo, Portugal e Instituições financeiras internacionais como o BAD e Banco Mundial.

Cabo Verde vai ser representado ao mais alto nível pelo chefe do governo, que lidera uma delegação importante, incluindo  Olavo Correia, Vice-Primeiro Ministro e Ministro das Finanças, vários ministros sectoriais, directores e outras instituições e entidades relevantes e intervenientes do sector privado.

O evento  vai ter lugar no Centro de Conferências do Banco Mundial em Paris (11 de Dezembro) e na Câmara de Comércio (12 de Dezembro).

Confira a reportagem com o correspondente Odair Santos, em Cabo-Verde.