O evento é promovido pela cooperativa “visão do futuro” que realizou o estudo, em parceria com o Centro de Emprego e Formação Profissional e da delegação do Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA).

O que se pretende com a apresentação do resultado do estudo é demonstrar como se pode desenvolver os municípios da ilha do Fogo tendo como espinha dorsal os sectores da agricultura, da pecuária e da pesca, promovendo o emprego e dignificando as profissões ligadas a estes sectores de actividade.

A apresentação do estudo consiste na análise da situação actual dos sectores e as propostas para a melhoria dos mesmos, fomento do desenvolvimento destes sectores e a sua integração na economia nacional e criação de emprego digno.

A formalização do mercado agrícola e pecuária como forma de profissionalizar estes sectores de actividade, a criação do canal comercial para o empoderamento dos investimentos, a introdução dos intervenientes no sistema económico e da previdência social e promoção do auto-emprego são outros aspectos que constam do estudo que vai ser socializado com parceiros e instituições ligadas a estes sectores.

A apresentação do estudo será feita pelo presidente da cooperativa “Visão do Futuro”, António Fernandes.

Há pouco mais de dois anos a cooperativa tinha socializado o resultado de uma investigação teórica, realizada a partir de 2010, nos sectores agrícola e pecuária para valorização destes sectores, tornando-os preponderantes na economia local e nacional.

Na altura António Fernandes defendeu a implementação, na ilha do Fogo, de um projecto-piloto para a criação de um modelo de gestão para que a agricultura, seja ela pequena ou grande, tenha impacto e vantagens para os pequenos e grandes agricultores sem grandes diferenças.

No início deste ano, defendeu que o maior problema do desenvolvimento da agricultura na ilha do Fogo é a inexistência de um sistema adequado de mercado que forneça aos agricultores os meios de produção e alguém para comercializar os seus produtos e pagar o seu dinheiro.

JR/HF

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.