“Temos uma reunião para a próxima semana com todos os colegas (autarcas) e vamos criar as condições para que o aterro entre efetivamente em funcionamento”, assegurou Clemente Garcia em declarações à Inforpress.

Em fevereiro, o presidente da AMS) tinha apontado esse mesmo mês como a data para o início do funcionamento do Aterro Sanitário de Santiago, o que não aconteceu.

Situado em Monte dos Bodes, concelho de São Domingos, o aterro sanitário de Santiago foi inaugurado em maio de 2015 pelo então primeiro-ministro, José Maria Neves. Foi financiado pela União Europeia e o Governo de Cabo Verde em 8,5 milhões de contos e foi construído no quadro do plano de gestão integrado dos resíduos sólidos da ilha.