Em comunicado enviado à Inforpress, os responsáveis da transportadora aérea nacional dizem que o levantamento oficial da referida suspensão “acontecerá a curto prazo, sendo devidamente anunciado no site da entidade oficial”, ou seja, a ENAC.

A Cabo Verde Airlines, prossegue o documento, garante aos passageiros afectados pela suspensão de voos no destino Brasil-Itália que “serão protegidos de acordo com as regras internacionais de protecção ao passageiro”.

“A operação de protecção desses passageiros está centralizada no call center com sede na cidade da Praia, que trabalha em coordenação com as lojas da companhia em Recife e Fortaleza”, diz a mesma fonte.

Segundo o mesmo documento, os voos para o mercado brasileiro, nomeadamente Recife e Fortaleza, já foram retomados e encontram-se a operar com “normalidade fazendo ligação a Lisboa e Paris” e que durante esta semana será retomada a ligação para São Salvador.

Ainda em relação aos passageiros que se encontram em Itália, o comunicado adianta que estão a ser contactados e informados do cancelamento dos voos, sendo-lhes oferecidas opções de reembolso total do bilhete ou a protecção em companhias terceiras a partir de Itália e Brasil.

A situação extraordinária de atrasos e cancelamentos consideráveis em Julho atingiu 123 voos e 16.079 passageiros em vários mercados, e todos os passageiros receberam a assistência necessária para serem reacomodados em outros voos de e para o Brasil, assegura a fonte.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.