Num comunicado enviado à Inforpress, a transportadora aérea cabo-verdiana reagia assim às declarações feitas na última segunda-feira, 11, pela secretária-geral da União Nacional dos Trabalhadores de Cabo Verde – Central Sindical (UNTC-CS), que afirmou que os trabalhadores da TACV estão a sofrer sistematicamente com atrasos no pagamento dos seus salários.

Joaquina Almeida disse ainda que esta prática vem sendo recorrente em que os trabalhadores têm esperado praticamente 40 dias para receberem o seu salário, sublinhando que é dever do empregador, nos termos da lei, cumprir com os artigos do Código Laboral.

A Cabo Verde Airlines explicou que o pagamento dos salários em atraso, relativo ao mês de Fevereiro, foi regularizado no dia 07, e assegurou que está a fazer todos os esforços para que os pagamentos saiam atempadamente, por forma a não prejudicar os seus trabalhadores que são uma mais valia para a empresa, e respeitando sempre o Código Laboral cabo-verdiano.

“A companhia continuará a respeitar a lei, a cumprir com os seus deveres como entidade empregadora e garantir o bem-estar dos seus trabalhadores”, lê-se no comunicado.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.