O objecto de concurso é a construção do arruamento, criar emprego e levar rendimento às pessoas, conforme avançou à Inforpress o presidente da Câmara Municipal, Francisco Tavares.

Segundo o autarca, o arruamento faz parte de um leque de projectos a serem implementados no âmbito do Programa de Mitigação e Resiliência à Seca em Cabo Verde 2019/2020, financiado pelo Governo, através do Ministério da Agricultura e Ambiente, num total de 8.000 contos e que vai ser implementado em duodécimas nos próximos 10 meses.

Com o financiamento da primeira tranche, o edil avançou que será feita a intervenção do Auditório/Cutelo Mentira e nos meses seguintes será feito o mesmo trabalho, desta vez em Mato Grande,  e melhorias nas estradas em Braga e Santa Bárbara.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.